Não concentre tráfego nas redes sociais

Tráfego é, sem dúvida, o fator mais importante para o sucesso em qualquer estratégia de Marketing Digital. Inclusive, dedicamos um artigo para que você saiba tudo sobre como atraí-lo (clique aqui e confira!). Tráfego é como a quantidade de pessoas que entram na sua loja, mesmo que não comprem, é preciso manter um fluxo de visitas para que sua loja tenha mais oportunidades de realizar negócios. Por isso ele é tão importante.

Na internet, esse fluxo (visitas) seriam as pessoas que chegam de alguma forma no seu site. Porém, hoje, com a facilidade das redes sociais, é muito comum que as empresas não se preocupem em ter um site para sua empresa, loja, e até para o seu E-commerce. Tudo é feito através das redes sociais e concluído nela mesma.

Mas essa não é uma boa estratégia. Concentrar todo o seu tráfego (audiência, no caso das redes sociais) pode acabar se tornando uma futura “pedra no seu sapato”.

Antes de levantar alguns pontos, consideramos esclarecer uma coisa muito importante. O Marketing que Funciona é uma iniciativa da Pulse. Nós somos uma consultoria em Marketing Digital, porém nossa intenção aqui não é vender criação de sites ou blogs, isso é algo muito fácil de se fazer hoje em dia, você mesmo pode fazer um site sem dificuldade alguma. Nossa intenção é que você saiba o que realmente funciona no Marketing Digital para que assim possa gerar resultados reais para seu negócio com a ajuda da internet.

Desculpe informar, mas seu tráfego da rede social não é seu

É verdade que as redes sociais, em especial o Facebook e Instagram (que pertence ao Facebook, assim como o Whatsapp), vem disponibilizando cada vez mais ferramentas e opções para seus perfis profissionais. Isso é faz parte de uma estratégia criada por Mark Zuckerberg de transformar as redes sociais em ferramentas para negócios.

Esses perfis podem até funcionar, é totalmente possível que você construa uma audiência e consiga trabalhar as intenções de compra dela na própria rede social. Ainda mais pela facilidade de expor seus produtos e ofertas através delas.

A redes sociais, ou social media, tem um papel fundamental nas estratégias de Marketing Digital, principalmente na construção de uma audiência segmentada. Mas não devem ser o fim por si só. Por um motivo muito simples. Toda a audiência e “tráfego” conquistada nela não pertencem a você, são da rede social.

Quem não lembra do extinto Orkut? Quantos grupos, discussões em fóruns e perfis de empresas com milhares de amigos não foram perdidos? Redes sociais são sistemas. Dentro dele você deve obedecer a regras e determinadas interações, que podem ser, ora favoráveis ao seu negócio, ora não favoráveis.

Dizer que as pessoas que curtem sua página são “suas” seria um engano. O Facebook, por exemplo, pode mudar as “regras do jogo” a qualquer momento, limitando significativamente a capacidade de você interagir com esse público. E isso vem acontecendo, as mudanças no algoritmo do Face tem restringido cada vez mais o alcance orgânico que suas publicações teriam a um ou dois anos atrás. Forçando você a investir em anúncios pagos.

Se o Facebook decidir excluir sua página hoje, para onde vão todos os seus potenciais clientes?

A importância do tráfego próprio

Por esse motivo é importante que você tenha no mínimo uma página na internet, que seja capaz de receber o tráfego vindo de todas as redes sociais e que ainda possam te render as buscas orgânicas realizadas no Google.

Tendo um site ou blog, você conseguiria manter e trabalhar o seu tráfego da maneira que você quiser. Sem precisar obedecer, ou se limitar, as regras da rede social em questão. Em outras palavras, quem manda no seu tráfego é você.

Se você fizer um trabalho realmente sério, poderá ainda, construir uma lista que vai durar muito depois que as redes sociais mais “quentes” do momento já tiverem acabado. Aliás, essa é uma tendência de qualquer rede social. Existe um ciclo de crescimento e de decaimento delas, ele é denominado Hype Cycle (clique e confira o que a Tracto escreveu sobre esse tema).

Ou seja, um tráfego próprio é necessário para que você possa, realmente, implementar uma estratégia a médio e longo prazo em Marketing Digital.

Conclusão

Nós da Pulse, esperamos que esse artigo possa ter sido útil para você e que através dele possa entender a importância de um tráfego próprio na sua estratégia de Marketing Digital. Não perca tempo, comece agora a gerar resultados com Marketing Digital que realmente funciona.

E se precisar de ajuda na implementação dessas estratégias, pode contar conosco aqui da Pulse, fale com um de nossos consultores, teremos uma imensa satisfação em te ajudar!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *