Escale seus resultados com o funil de vendas

Olá, que tal conversarmos sobre marketing que realmente funciona?

A essa altura, você já deve ter entendido que a base do Marketing Digital é o relacionamento. Afinal, é justamente isso que significa o Inbound marketing (marketing de atração), “trazer o cliente para a conversa“, e fazer com que o potencial cliente se converta em cliente, trabalhando nessa conversa a sua intenção de compra.

Para isso não serão usadas super-técnicas de persuasão nem muito menos hipnose. Na verdade existe um processo lógico que, se bem planejado, encaminhará esses potenciais clientes (leads) por fases de aceitação do seu produto, da sua autoridade, até que ele esteja realmente pronto e decida consumir o produto ou serviço que você oferece.

Essa estratégia de vendas online, de vendas através da internet, é chamada de Funil de vendas.

Mas por que o termo funil de vendas? Vamos fazer uma relação com a função do funil (objeto), aquele que usamos para transpor líquidos (geralmente) de um recipiente para o outro. O que ele faz é canalizar o líquido para que não se seja derramada fora do recipiente nenhuma gota, certo?

Da mesma forma funciona um funil de vendas. A ideia é canalizar os visitantes, o público de interesse da sua estratégia de marketing digital, de forma que mesmo que ainda não estejam prontos para a compra, possam avançar etapas até que ele se torne seu cliente.

Onde começa o Funil de Vendas?

A melhor forma de fazer o potencial cliente avançar nas etapas do funil de vendas é trabalhando esse relacionamento através do Email marketing. Mas não vamos nos aprofundar muito no Email Marketing nesse artigo, em breve produziremos conteúdo exclusivo sobre esse tema.

Então por que falamos na importância do Email Marketing? Porque existem basicamente duas estratégias de construção de funil de vendas.

Na primeira, o visitante do seu site já entra no funil de vendas a partir do momento que tem acesso ao seu conteúdo (artigo, post). Sem que para isso deva necessariamente se tornar um lead.

Um lead é um usuário que, voluntariamente, lhe fornece seu Email para receber a newsletter do seu blog, ou fornece informações pessoais (que te permitirão montar um perfil sobre ele) em troca de determinado conteúdo (e-book, whitepapers, vídeo aula). Ao fazer isso ele está dizendo: olha, gostei do seu conteúdo e você pode enviar para mim mais conteúdo como esse.

Na segunda estratégia de construção de funil de vendas o usuário só entrará no funil quando se tornar um lead (quando lhe disponibilizar o Email e informações pessoais).

Mas qual dessas duas estratégias é mais eficiente? Depende do seu objetivo.

Se você elabora seu funil de vendas a partir do visitante comum, você precisa fazer um trabalho bem mais detalhado de conteúdo, com mais etapas, e utilizando inclusive outras estratégias como Remarketing (usuários que visitam seu site por mais de uma vez).

Já se você elaborar seu funil a partir do momento em que esse visitante se torna seu lead, você pode direcionar muito mais objetivamente as etapas do funil, inclusive diminuindo a quantidade de etapas.

Uma vez decidida a forma de entrada no funil, poderemos definir as suas etapas…

Etapas do funil de vendas

Todo funil de vendas se divide basicamente em três etapas distintas, que são:

Etapas-topo-meio-fundo

 TOPO

No topo do funil estão os usuários que ainda não sabem que tem um problema, por isso ainda não veem sua empresa, seu produto ou serviço como algo que pode trazer benefício para ele. Ele chegará a você através de conteúdos relacionados ao seu produto, mas não por ele em si.

Para que você possa compreender melhor cada etapa desse funil de vendas vamos te dar um exemplo:

Um usuário encontrou um ótimo artigo no seu blog que fala sobre os alimentos que te dão energia para pararem de sentir sono e poderem trabalhar melhor. Esse usuário ainda não sabe, mas você tem um curso completo onde ensina sobre “Como melhorar a produtividade na vida”. Onde as pessoas que adquirem esse curso recebem o seu acompanhamento como Coach durante três meses.

MEIO

No meio do funil estão aqueles que já identificaram que tem um determinado problema, mas que ainda não sabem muito bem como sana-lo, aí que você começa a convence-lo que caminhos ele pode seguir e apresenta a sua solução.

Voltemos ao nosso exemplo:

Esse mesmo usuário acabou lendo um outro artigo (através do link) que falava sobre “como identificar se você está sofrendo com queda de produtividade” ou “dificuldade de organização de tempo para atingir suas metas”. Ao ler esses artigos você ainda o convida a participar de um teste, onde ele pode medir seu “nível de produtividade”. A partir daí essa pessoa com certeza já se convenceu que está com problemas em relação a sua produtividade , estará pronta para ser encaminhada para o próximo nível.

FUNDO

No fundo de funil de vendas estarão aqueles que já sabem que tem um problema e reconhecem o seu produto ou serviço como solução para ele. O próximo passo é a concretização da compra, do contrato, ou de qualquer outro objetivo ao qual seu funil de venda leve.

Voltemos uma última vez ao nosso exemplo:

Agora o usuário já foi apresentado ao seu produto, ele já leu todas a informações e os casos de sucesso que você apresentou e está convencido de que é a melhor solução para ele. Ele então decide fazer a compra e se tornar seu cliente.

Muito mais…

Claro que a passagem de uma etapa para a outra não é tão simples como no exemplo. Assim como, o usuário não precisa necessariamente passar por cada uma delas, ele pode simplesmente já cair na segunda etapa, onde ele já sabia sobre seu problema de produtividade, ou melhor ainda, ele já procurava por uma solução e assim te encontrou.

O funil de vendas é uma estratégia lógica criada para se nutrir o potencial cliente, na verdade cada uma dessas etapas pode ter outras subdivisões que te ajudarão a montar a estratégia de cada etapa, é por isso que você deve estar preparado para que este salte de uma etapa para outra, pois quando falamos de relacionamentos e de pessoas não há uma linearidade em 100% dos casos.

O Email marketing será essencial para tratar essas alterações, como por exemplo chamar pessoas que a tempo não acessam seu site, ou apresentar novos produtos para os que já se tornaram seus clientes. Existe uma infinidade de estratégias que você pode criar a partir da lógica do funil de vendas.

Conclusão

O funil de vendas é uma estratégia que, se bem planejada e implementada, te trará resultados escaláveis, ou seja, que aumentarão cada vez mais. Esse é um dos segredos do sucesso no marketing digital e do marketing na internet.

Nós da Pulse, queremos que você também possa alcançar os melhores resultados, por isso nos esforçamos através do Marketing que Funciona em lhe ensinar o caminho certo.

Mas se você precisar de ajuda com a implementação do marketing digital da sua empresa, sinta-se à vontade para entrar em contato e conversar com um de nossos consultores. Até a próxima!

 

 

Um comentário em “Escale seus resultados com o funil de vendas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *