Como atrair visitantes para seu Site

Como atrair  visitantes para seu site, blog ou página na web, é a preocupação primária que você deve ter quando decide fazer qualquer trabalho, realmente sério, na internet.

Dependendo do seu modelo de negócio, o número de visitas no seu site ou para sua página, pode ser a chave para gerar mais oportunidades de vendas. Seja gerando orçamentos, consultas com vendedores ou finalizando as vendas no próprio site (E-commerce), a melhor forma de atrair visitantes para seu site é conseguindo um bom posicionamento nas ferramentas de buscas, das quais o Google é o mais importante.

Inclusive, nós até já explicamos em outro artigo por que seu site deve aparecer nas pesquisas do Google (clique aqui e confira o artigo).

Como atrair visitantes?

O número de visitas no seu site é chamado de tráfego. Segundo o Google Analytics, que é a ferramenta de análise do Google, existem basicamente quatro formas tráfego na internet, são elas:

  • Tráfego Direto;
  • Tráfego Social;
  • Tráfego Pago;
  • Tráfego Orgânico;

Nesse artigo, nossa intenção é te ensinar cada uma dessas formas para que você possa entender como atrair visitantes para seu site, blog ou página na web.

Tráfego Direto

O tráfego direto é quando o visitante insere o seu endereço diretamente no navegador ou já tem seu site nos favoritos. Não tendo acessado o site por link ou qualquer outro modo. Mas o que você vai ver na verdade é que muitos dos visitantes atribuídos ao tráfego direto não se encaixam nessa definição.

Para identificar a origem do tráfego o Web Analytics, primeiro, irá checar se existe ums espécie de “rótulo” que é possível de ser colocado na página. Por exemplo, no link http://pulseconsultoriamd.com/ não há nenhum “rotúlo”, portanto esse link é “puro”.

Mas também é possível que tenhamos enviado um link especial para a mesma página, um link que teria sido enviado por Email, mas que nele inserimos uma identificação especial para que identifiquemos sua origem, por exemplo http://pulseconsultoriamd.com/newslatter-email-campanha/ e essa URL seria o “rótulo” especial para a mesma página.

Essa estratégia do rótulo é muito eficiente e utilizada para melhor identificação de resultados. Quer aprender a gerar um rótulo? É só usar o URL Builder do Google (Click no Link).Caso não haja essa identificação o Web Analytics analisará a referência de origem da página.

Não sei se você sabe, mas toda vez que seu site é carregado no navegador é necessária uma requisição ao servidor onde o site está hospedado para que haja visualização do site. Essa operação aparece no cabeçalho do navegador e informa ao Analyticis a origem da página de onde se origina o tráfego.

O problema é que toda vez que existe alguma dificuldade na interpretação dessa informação do cabeçalho o Analytics o identificará como tráfego direto.  Existem muitos fatores que podem causar essa falha na interpretação, mas isso será explicado em outro artigo.

Então entenda que, por definição, tráfego direto são os visitantes que digitaram seu endereço no próprio navegador, sem precisar recorrer a ferramentas de busca ou link externos, mas que também podem ser oriundos de alguma falha da interpretação do Analytics.

Na prática, hoje em dia mesmo que você conheça o endereço de um site, dificilmente você digitará a URL no navegador, por isso esse é um tráfego que não se pode apostar muito em estratégia de como atrair tráfego.

Tráfego Social

Tráfego social são os visitantes que são direcionados através das diversas redes sociais. Na maioria dos perfis é possível que você disponibilize seu endereço de página web, seja blog ou site. Isso é até incentivado como forma de aumentar sua credibilidade na rede, no caso de empresas.

A visita ao site pode até ser colocada como chamada para ação, ou CTA (Call to Action, que é o termo mais utilizado), em redes socais como Facebook e Instagram (o famoso “link na Bio”).

Mas não é somente essa forma de gerar tráfego social. Você pode nas suas postagens inserir links do site, também os próprios links de blogposts que ao clicar o membro da rede social é automaticamente direcionado ao blog,  é a principal forma de atrair visitantes para seu site através das redes sociais. É muito comum você vê esse tipo de link para post no Twitter, Facebook e Linkedin.

O tráfego social, dependendo do nível de engajamento com seu público pode ser uma ótima fonte de tráfego para sua página, mas necessita que esses visitantes já sejam seus públicos nas redes sociais.

Nós aqui na PULSE temos clientes que estão conseguido ótimos resultados com Tráfego Social. Onde mais de 60% do tráfego do blog tem vindo das redes sociais, mas isso só é possível devido ao alto grau de engajamento com seus públicos, que é necessário para o método de como atrair visitantes.

Tráfego Pago

Também conhecido como link patrocinado, ele é o tráfego que busca atrair tráfego em quantidade e rapidamente. Ele é obtido através de anúncios nas ferramentas de busca, como por exemplo o Google, ou dentro do próprio site, como banners.

Já faz tempo que o tráfego pago é utilizado, mas ele vem evoluindo com o tempo. Antigamente era muito comum você ver as laterais de muitos sites e blogs com as laterais cheias de banners “piscando” e chamando a atenção, onde o visitante clicava no banner e iria para os sites. Isso era muito caro e não funcional.

Hoje em dia com a evolução do usuário brasileiro esse tipo de anúncio se tornou quase obsoleto. O que temos hoje são anúncios nos próprios resultados de pesquisas e no próprio conteúdo (como no caso dos vídeos do youtube).

Adwords

Você com certeza vê esses anúncios todos os dias. São os resultados de buscas que aparecem no topo do page rank (lista das páginas de resultados de pesquisa do Google), laterais ou até mesmo no final da lista. E obrigatoriamente se distinguem dos resultados normais pela palavra anúncio escrita junto a URL do resultado.

Consiste na compra de resultados de buscas por palavra chave, através de um sistema de leilão. Complicado? Calma eu vou explicar.

Vamos supor que você vende cartuchos de impressora. Você precisa que quando as pessoas da sua região pesquisarem “Cartucho de impressora”, “recarga de toner” ou “tinta para impressora” vejam de primeira o resultado do seu site, onde você realiza os pedidos. Para isso você deve escolher a forma de cobrança desse anúncio, se vai ser a cada mil visualizações do seu anúncio em resultados CPM (cobrança por mil) ou se vai ser por cada pessoa que clicar e for direcionado para o seu site CPC (custo por click).

Onde entra o leilão? Você terá que fazer uma oferta para esse anúncio. Por exemplo, a cada vez que alguém clicar no meu anúncio CPC será cobrado R$ 0,50. Por que o leilão? Vamos supor que outra empresa que também vende cartuchos de impressora na sua cidade também anuncie e escolha a mesma palavra chave que você, haverá uma disputa pelos resultados de busca. Inclusive pela posição do anúncio, já que um resultado pode ter mais que um anúncio.

E o que vai definir a prioridade pelo resultado é justamente o valor do CPC ou do CPM que você ofertou. Se a oferta do seu concorrente for R$ 0,60 e a sua for R$ 0,50 (como suposto anteriormente) o seu concorrente terá prioridade sobre os resultados de busca.

Mas o próprio Google Adwords te dá uma média das ofertas por aquela palavra chave através do planejador de palavras chave (clique no aqui para acessar o planejador de palavras chave do Google).

Adsense

O Google Adsense é a versão otimizada dos antigos banners dos blogs e sites. É basicamente o anúncio feito por segmentação de público de acordo com o conteúdo. Nele, o sistema de cobrança e de leilão é o mesmo, porém a palavra chave não é referente ao resultado de busca, mais sim ao conteúdo disposto no site ou vídeo (anúncios no youtube).

Face Ads

Não somente nas ferramentas de busca, mas também nas redes sociais é possível trabalhar com tráfego pago. A que vem se destacando em seus links patrocinados é o Facebook, e sua plataforma de anúncios é o Face Ads.

Como atrair visitantes para seu site com anúncios nas redes sociais? Fazendo esses anúncios converterem em tráfego social. Você precisa fazer a chamada para ação CTA do seu anúncio ser o direcionamento à sua página, ao seu site ou blog.

O interessante é que as campanhas no Face Ads agora integram também campanhas no Instagram que, pela primeira vez, te permitem criar uma chamada para ação fora da rede.

Tráfego pago é uma alternativa de como atrair visitantes para quem precisa de quantidade, porém tem duração limitada à duração de sua campanha.

 

Tráfego Orgânico

Tráfego orgânico é o tráfego vindo das ferramentas de busca. Pode ser definido como o tráfego livre, ou melhor, o tráfego não pago, e é a mais importante fonte de tráfego para seu site.

 Seu tráfego virá dos resultados de buscas o do grau de relevância do seu site para a palavra chave pesquisada, que é a melhor forma de se obter uma audiência e um possível cliente.

Lambra que falamos no tráfego direto sobre as falhas na interpretação da origem do tráfego? O Site Search Engine Land publicou uma experiência que revela que mais de 60% do tráfego direto vem do tráfego orgânico, ou seja, de pesquisas nas ferramentas de buscas que não são interpretadas com sucesso pelos Web Analytics. Isso só confirma a importância desse tráfego em como atrair visitantes para o seu site.

Tá , mas como você poderá conseguir isso?

SEO

Se você costuma pesquisar sobre marketing digital, ou mesmo sobre como funciona a internet, já deve ter ouvido falar em SEO ou em SEM.

SEO é uma sigla que significa Search Engine Optimization (otimização para motores de busca). Já SEM significa Marketing para ferramentas de busca, que nada mais é que o marketing que o utiliza as técnicas de SEO.

O Google se utiliza de um algorítimo muito complexo de ranqueamento de resultados de buscas que se vale de mais de 200 fatores na hora da classificar os conteúdos das páginas web. SEO é justamente o estudo de técnicas e boas práticas que busquem atender a esses critérios de qualificação da ferramenta de busca.

Inúmeras são as boas práticas necessárias para um bom posicionamento nos resultados do busca do Google. Desde a indexação da página pelo Google até URL amigáveis, fatores que discutiremos mais pontualmente em um próximo artigo.

Qual a vantagem?

Não é somente o fato de ser livre, mas a capacidade de escalar seus resultados a médio e longo prazo. Quando você investe em otimização SEO você está investindo em algo que é retorno garantido.

Com o melhoramento do seu posicionamento também melhorará seu Page Rank trazendo cada vez mais tráfego orgânico, o que aumenta sua taxa de conversão, e o melhor ainda é que seus resultados só aumentarão cada vez mais.

Conclusão

Agora você já sabe quais as quatro fontes de tráfego para seu site ou blog. O que você não tem ideia é como o tráfego orgânico pode te ajudar em como atrair visitantes para o seu site e te garantir fechar mais negócios e vender mais.

Por isso nós aqui da PULSE, especialistas em Marketing Digital e Consultoria em SEO, te convidamos a continuar lendo nossos conteúdos que estaremos disponibilizando para te ajudar a otimizar seu site com estratégias em SEO e muito mais!

Esperamos que esse artigo tenha sido útil de alguma forma para você, e lembe-se se precisar de ajuda com Marketing Digital é só solicitar ajuda de um dos nossos consultores pelo contato aqui do Blog.

Sinta-se à vontade para deixar seu comentário, dúvida ou entrar em contato!

 

2 comentários em “Como atrair visitantes para seu Site

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *