Boas práticas de SEO para iniciantes

Olá gente, vamos falar um pouco sobre marketing que funciona com boas práticas de SEO!

Em qualquer planejamento estratégico de Marketing Digital é imprescindível que você pense em um bom posicionamento no Google. Porém muitas pessoas não têm ideia de por onde começar, ou pensam que é necessário aprender programação avançada para se fazer tais otimizações.

Na verdade, existem profissionais chamados de Front-End developer, que fazem esse trabalho mais específico. Porém o que iremos expor nesse artigo são algumas medidas, que chamaremos de boas práticas de SEO, que caracterizarão a maior parte do trabalho necessário para alcançar esse fim.

Mas primeiro…

Entenda a evolução do SEO

O Google é a principal ferramenta de busca do mundo. Seu critério de Ranqueamento de resultados de pesquisas revolucionou a internet, mas isso você já está cansado de saber. A questão é, como ele conseguiu?

Em poucas palavras, o Google sempre se preocupou em entregar o “melhor” em conteúdo para os seus usuários. A solução foi um algoritmo muito complexo que organiza os resultados de buscas numa lista chamada Page Rank (em homenagem ao seu criador Larry Page), que foi evoluindo e passando por transformações até se tornar o que é hoje, um algoritmo que utiliza mais de 200 critérios para decidir o posicionamento dos resultados de buscas de cada palavra chave.

A ideia na verdade é bastante simples, para alcançar um bom posicionamento basta que sua página cumpra com esses 200 critérios, certo?

Não exatamente. Na verdade, houve uma época em que isso poderia até funcionar. Como eu falei, o algorítimo do Google evoluiu. Ele passou de um código de interpretação estrutural, ou seja, que analisava a estrutura do conteúdo da página em si,  para um nível de interpretação semântica, onde ele é capaz de identificar o contexto.

Isso que dizer que você tem que investir em conteúdo de qualidade e realmente relevante, não tem mais como enganar o Google.

Tá, mas então para que “eu” preciso de SEO?

Porque o conteúdo de qualidade é o seu ponto de partida, mas ele por si só, sem nenhuma otimização, não será capaz de garantir nenhum resultado para você.

A otimização ainda é muito importante, mais que isso, ela é essencial para que você consiga bons resultados de posicionamento.

Entenda essa fórmula: conteúdo relevante + SEO = resultados

Então, sem mais delongas, vamos entender quais são essas boas práticas de SEO na prática!

Agora, preciso que você entenda…

Como funcionam as boas práticas de SEO?

As técnicas de SEO se dividem entre On page e Off page. A otimização de cada uma delas, através das boas práticas de SEO , é importantíssimo para se alcançar um bom posicionamento.

Essa divisão quer dizer que exitem fatores pertencentes à própria página (on page), mas também, fatores externos (off page) que contribuirão para esse resultado. Vejamos quais são esses fatores e as suas respectivas boas práticas.

ON PAGE

Quando falamos de otimização da página, estamos falando do seu site, blog ou qualquer página na internet que você mantenha. Quando falamos em ON PAGE dividiremos em dois subtópicos: “Técnico” e o Conteúdo.

TÉCNICO

Vou falar do básico do básico agora. A primeira coisa que você precisa é ter um domínio próprio. Esqueça os domínios grátis como wix, wordpress, blogspot ou qualquer tipo desses. Se você realmente quer fazer um trabalho sério de marketing digital você precisa de um domínio próprio, seja ele “.com”, “.com.br”, “.net”. Os domínios “grátis”, principalmente de portais como o blogspot dificultam a indexação do conteúdo e a varredura das suas páginas pelos spiders do Google.

Para registrar um domínio basta que você consulte a disponibilidade do domínio no próprio site de vendas do domínio, se estiver disponível você cria uma conta e solicita adquirir esse domínio, após o pagamento, em cerca de 48 horas, já estará disponível.

Vamos deixar o link do site que sempre registramos nossos domínios e os domínios de nossos clientes que é o super domínios, lá você pode escolher várias opções e tem instruções de como fazer. Não se preocupe com preços, tem planos de até R$ 3,00 por ano.

Agora que você tem um domínio você deve registra-lo no WEBMASTER do Google para que ele possa Indexar o conteúdo de suas páginas. O processo de indexação é quando o Google faz uma “leitura” do conteúdo da sua página para que ela apareça nos resultados buscas.

A partir do momento em que você tem um domínio você precisa, em cada página, ter uma URL amigável. O que seria isso? URL é justamente o endereço da sua página que será indexado pelo Google. Na URL das suas páginas tenha sempre palavras, de preferência que sejam o mesmo título do conteúdo ou seção, e não letras de códigos (que são as URLs geradas automaticamente). Por exemplo:

URL “amigável”

URL AMIGAVEL

Agora o exemplo de uma URL “não amigável”

URL NÃO AMIGAVEL

Isso tem um enorme peso na hora da indexação da sua página.

A boa prática é ter um HTML bem estruturado. Eu sei que isso parece mais complexo, você pode até não saber o que é HTML, mas calma. Realmente essa é uma questão que necessita de certo conhecimento de programação, se você for construir seu site do zero, porém a super dica que lhe damos é que dependendo do seu negócio, se não for um Ecommerce  (que demanda de um sistema interno próprio, as vezes), se a sua intenção for somente expor conteúdos estáticos (site institucional), ou até mesmo suprir conteúdos com certa periodicidade (blogs), você pode utilizar um “template” altamente configurável como o WordPress.

O WordPress é uma solução simples e eficaz para fazer sites e blogs. Não vou entrar muito em detalhes nesse artigo, mas plataformas de gerenciamento de conteúdo para web são altamente otimizadas para SEO.

Além disso, outra vantagem da escolha de uma plataforma como WordPress é que a maioria dos temas são altamente responsivos. O que isso significa? Uma página responsiva é uma página que responde ao formato da tela dos aparelhos mobile (smartphones, tablets). Isso é outra dica super importante, pois 80% dos acessos à sua página, principalmente os oriundos de tráfego social, virão de aparelhos móveis (mobile).

Então, a 4ª boa prática é manter sua página responsiva. Usando a plataforma do WordPress você resolve esses dois problemas: mantém seu HTML estruturado e sua página responsiva ao mesmo tempo.

Essas são as boas práticas técnicas que você, como iniciante, poderá fazer para melhorar seu SEO On page. Agora, vamos as boas práticas de conteúdo.

CONTEÚDO

Não nos aprofundaremos muito na otimização para conteúdo, pois iremos escrever um artigo específico sobre SEO para produção de conteúdo. Mas passaremos agora algumas boas práticas na hora que você for produzir o conteúdo para sua página.

A primeira preocupação que você deve ter é com a formatação. Eu sei que parece besteira, mas é um erro que muitas pessoas cometem. Não pense que aumentar a fonte, deixar em negrito você estará formatando seu texto, pois não está.

Quando o usuário for ler seu texto, dependendo da tela dele (principalmente se o acesso for de dispositivos móveis) ficará um texto todo mal formatado, praticamente inelegível. Isso acontece porque a adaptação do texto é feita por programação e não por diagramação manual.

Um texto mau formatado dificulta a indexação do conteúdo pelos spiders do Google, o que causará perca de pontos na hora do ranqueamento de sua página. Por isso na formatação utilize os “cabeçalhos”, que são os h1, h2, h3… até o h6. Eles são incluídos na estrutura HTML automaticamente pelo editor de textos do seu site.

O “H1” é o cabeçalho do título do texto, H2 será um tópico, H3 um sub tópico e assim por diante. Na maioria dos textos você não vai precisar usar o H4 em diante, mas para fim de informação existe até o H6.

Outra boa prática muito importante é a utilização de palavras-chave e tags. Em seu conteúdo deve haver uma palavra-chave “em foco”, uma palavra-chave principal. Ela deve ser repetida algumas vezes durante o texto para que o Google possa reconhece-la como tal. As tags são palavras chaves que aparecem durante o texto, mas que mesmo não sendo a base do conteúdo, tem relação com o mesmo.

Sempre que prestamos uma consultoria em SEO aqui na Pulse, nós sempre nos preocupamos em fazer um planejamento de palavras-chave que são relevantes para o cliente e de tags relacionadas. A produção de conteúdos voltados para as mesmas palavras-chave ajuda também no posicionamento, fazendo com que o mesmo site apreça em diferentes posições no mesmo resultado de busca.

A última boa prática de conteúdo que iremos citar é a utilização de links. Tem duas formas de você fazer isso: com links internos, de outros artigos ou páginas dentro do seu site, e a outra são links externos, links para outros sites que tenham relação com o conteúdo abordado.

Fazer essa ligação de links é importantíssimo para o Google. E a utilização de links externos são mais ainda, pois ao oferecer ao seu leitor um endereço fora do seu site o Google compreende que você está realmente preocupado em oferecer o melhor conteúdo para o usuário.

Agora vamos para as boas práticas fora da página que são também importantíssimas…

 

OFF PAGE

A boas práticas de SEO Off Page vão se ocupar do relacionamento externo que você vai criar com a sua página. Para essas práticas vamos nos ater a Construção de Links (link building) que é a melhor forma de fazer esse tipo de otimização.

CONSTRUÇÃO DE LINKS (link building)

Quando algum site faz referência ao seu colocando um link da sua página é como se dissesse para o Google “olha, o conteúdo desse site é tão bom que vou usar como referência do meu”, e isso dá uma enorme vantagem para você no posicionamento.

Não somente isso, mas quanto mais conceituado for o site que faz referência ao seu para o Google, ou seja, quanto maior for o Page Rank dele (pontuação interna que o Google dá para os sites que só ele sabe) melhor será essa vantagem.

Mas não compre menções de links em sites e blogs “fantasmas” (que apenas colocam vários links sem ligação com conteúdo nenhum), isso foi muito utilizado, mas hoje o Google reconhece esse tipo de sabotagem e pune quem a comete. E a punição do Google é banir sua página dos resultados de busca dele, e isso é muito sério, pois se você não aparece no Google, não está na internet.

Então uma das alternativas é fazer Guest Posts. É escrever conteúdos para outros sites e vice-versa onde você possa fazer menção da sua página para a audiência dele. Conversar com sites parceiros sobre como inserir seu link em conteúdo que seja relevante é uma outra tática que também dará certo.

Outra excelente forma de construir links são as menções nas redes sociais, principalmente o Facebook. Você já deve ter percebido que o Facebook aparece nas pesquisas do Google. Pois é, não só ele, mas muitas outras redes como Linkedin também abrem seus scripts para as pesquisas do Google.

Pessoas mencionando seu site, compartilhando conteúdo que tenha link para suas páginas, como links de artigos, podem ser um ótimo trabalho de SEO. Sempre insira seu site nos seus perfis e busque sempre colocar links que levem para sua página, mas atenção, só coloque links que realmente tenham relação com o conteúdo ali postado.

A construção de link na verdade é algo bastante complexo, mas essas duas boas práticas já podem te ajudar bastante no seu começo.

Conclusão

As práticas On Page seriam algo como “arrumar a casa” para ser vista pelo Google, já as práticas Off page são como se pessoas falassem bem de você para a ferramenta de busca. A união dessas duas práticas leva seu site a certeza de bons resultados, que nesse caso seria, ser encontrado pelos seus clientes!

Nós aqui da Pulse, esperamos de verdade que esse conteúdo possa te ajudar a conseguir melhores resultados para o seu negócio na internet. Sinta-se à vontade para entrar em contato ou tirar qualquer dúvida que tenha ficado.

Se você desejar uma ajuda profissional em consultoria SEO ou Marketing Digital para seu site, pode contar conosco. Entre em contato e fale com um de nossos consultores. Até a próxima!

 

 

2 comentários em “Boas práticas de SEO para iniciantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *